top of page
Buscar
  • marketing

Aprenda agora o que é, e qual a diferença de taxa de franquia, royalties e taxa de publicidade



Se você pensa em investir em uma franquia precisa conhecer o quanto vai pagar para a franqueadora. Por isso, coloque no orçamento os gastos com três taxas: taxa de franquia, royalties e de publicidade. Você vai aprender agora o que é, e qual a diferença de cada uma delas!

Para entender a taxa de franquia é bem fácil. Na medida em que o franqueador cede a sua marca, ele tem direito de cobrar de todas as unidades franqueadas que usufruem do seu know-how. O pagamento da taxa de franquia aprova a entrada do franqueado nos negócios. Essa taxa é paga pelo franqueado no momento da assinatura do contrato e é um valor fixo e único.

Já os royalties, ao contrário da taxa de franquia, são uma taxa que deve ser paga mensalmente à rede de franchising, é o que garante a continuidade do uso da marca até o término do contrato assinado. Algumas franquias, geralmente as de serviços e/ou as que não fornecem produtos às unidades, cobram entre 4% e 10% do faturamento bruto de cada franqueado. Por exemplo, se uma unidade obteve 40 mil reais de faturamento bruto no mês e a taxa de royalties é de 4%, ela precisa pagar a franqueadora R$ 1.600,00 reais.

E por último, temos fundo de publicidade ou marketing, que é uma porcentagem entre 2% e 5% do faturamento bruto de cada unidade, e é direcionada a campanhas publicitárias. O valor arrecadado mensalmente pelo franqueador é convertido em anúncios de mídias diversas com objetivo de promover a marca, seus produtos e conceitos de modo geral e não uma unidade específica.

O ERP da UNIKA Sistemas possui a funcionalidade de cobrança automática dessas 3 taxas, assim, os dois, franqueado e franqueadora, podem ficar tranquilos quanto ao valor e cobrança dessas taxas.




129 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page